Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/02/18 às 16h44 - Atualizado em 10/09/19 às 14h33

Agricultores familiares do DF terão mais R$ 3,5 milhões para venda de alimentos em 2018

COMPARTILHAR

A Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF) assina nesta terça-feira (20) o plano de trabalho do Programa de Aquisição de Alimentos  (PAA) de 2018. O recurso da ordem de R$ 2 milhões, somados aos R$1,5 milhão existente, totalizando R$3,5 milhões será utilizado para a compra e doação simultânea para entidades sociais do DF e deve beneficiar mais de mil agricultores familiares.

 

A estimativa e que a pasta compre mais de 1 mil toneladas de alimentos e beneficie mais de 30 mil pessoas em 2018. Em 2017, foram distribuídos 578 toneladas de alimentos para 28 mil pessoas por meio de 118 entidades. Ao todo foram executados R$ 1,8 milhão.

 

Durante o evento a Secretaria ainda inaugura uma Unidade Técnica que irá atender produtores interessados em solicitar crédito fundiário. Instalada no Centro de Capacitação e Comercialização (CCC) da Ceasa, o escritório vai funcionar em horário comercial com servidores da Seagri e da Emater-DF.

 

A Associação de Produtores Rurais de Novo Horizonte (Aspronte) também receberá um veículo utilitário para o transporte de produtos e a Abrace, entidade que trabalha com crianças com câncer em Brasília será beneficiada com a implantação de uma horta comunitária em sua sede.

 

Como funciona o PAA

 

Parte dos alimentos é adquirida pelo governo diretamente dos agricultores familiares. Os produtos destinados à doação são oferecidos para entidades da rede socioassistencial. As entidades interessadas em participar podem se inscrever no Banco de Alimentos da Ceasa.

 

Entre as instituições que recebem os alimentos estão escolas, associações e abrigos, que são beneficiados quando atendem aos critérios estabelecidos pelo Comitê Gestor Nacional do PAA, ligado ao MDS. Os alimentos são distribuídos de acordo com número de beneficiários cadastrados.

 

Fonte: Ascom Seagri