Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/08/20 às 13h57 - Atualizado em 3/08/20 às 13h58

Campanha de Vacinação Contra Febre Aftosa é finalizada com sucesso no Distrito Federal

COMPARTILHAR

 

 

Foi finalizada com sucesso, em 30 de junho, mais uma Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa no rebanho do Distrito Federal. Em função da pandemia de Covid-19, a campanha foi atípica, com mudanças nos procedimentos de compra e comprovação da vacinação. Devido aos desafios encontrados, os prazos para vacinação e declaração também foram estendidos.

 

Apesar de todas as dificuldades, os produtores rurais cumpriram seu papel, e os resultados da campanha foram bastante satisfatórios. Foram vacinados 98% do rebanho de bovinos e bubalinos do DF, totalizando 82.546 animais. Em relação às propriedades cadastradas, o índice chegou a 95%, visto que 2.609 propriedades tiveram registro de vacinação.

 

O relatório vacinal do primeiro semestre traz ainda os dados sobre outras vacinações. No caso da brucelose, foram registradas 2.973 vacinações de bezerras entre 3 e 8 meses de idade. Em relação à raiva, 3.328 equídeos e 42.313 bovinos e bubalinos foram vacinados nesse período. A recomendação do serviço de defesa agropecuária é de que a vacinação antirrábica seja realizada anualmente em bovinos, bubalinos e equídeos, principalmente nas localidades onde os animais costumam ser mordidos por morcegos hematófagos.

 

Segundo o diretor de Sanidade Agropecuária e Fiscalização, Vinícius Campos, a equipe não mediu esforços para ofertar um bom atendimento virtual, a fim de que os produtores pudessem declarar sua vacinação. “Nossa equipe acompanhava diariamente pelo sistema, se os produtores estavam adquirindo a vacina, e nos últimos dias da Campanha, vários deles foram contatados por telefone para lembrete e orientações. Durante todo o período, nossos servidores recebiam as declarações por e-mail ou por WhatsApp, já que o atendimento presencial foi interrompido na pandemia”, explicou.

 

Nesse primeiro semestre, foram realizados 4.208 atendimentos remotos por parte da Diretoria de Sanidade Agropecuária e Fiscalização da Seagri-DF. Vinícius Campos lembra que está disponível para os produtores do DF, a plataforma on-line SIDAGRO PRODUTOR, com funcionalidades como Declaração de Vacinação e emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA). “O sistema tem sido essencial nesse período de distanciamento social e diminuição dos atendimentos presenciais. Muitos produtores estão usando mais e melhor essa ferramenta”, destacou Campos.

 

Como a vacinação contra febre aftosa é um procedimento obrigatório, os produtores que ainda estão inadimplentes devem procurar a Defesa Agropecuária da Seagri para regularização da situação. Para dúvidas, orientações e notificações à Defesa Agropecuária, o produtor rural pode entrar em contato pelos canais de atendimento: falecomadefesa@seagri.df.gov.br, whatsapp 3389-3738 ou 3484-3484, e telefones 3340-3862 ou 3051-6421.

 

Ascom Seagri-DF