Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/05/19 às 12h51 - Atualizado em 31/05/19 às 12h56

Governo de Goiás e do DF assinam termo de cooperação

COMPARTILHAR

Imagem: Divulgação Agrodefesa

 

O Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri/DF) e o Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), assinaram hoje (31), na sede da Agrodefesa, em Goiânia (GO), um termo de cooperação com o objetivo de fortalecer a parceria entre o Estado de Goiás e o Distrito Federal na área de defesa agropecuária, integrando e facilitando a realização de ações conjuntas entre as duas entidades.

 

O acordo visa o desenvolvimento tecnológico, o assessoramento mútuo, a capacitação, a operação conjunta e integrada na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE/DF), além do compartilhamento de informações sanitárias. A parceria será norteada pelo plano de trabalho desenvolvido em conjunto pelas áreas técnicas das instituições e terá vigência inicial de 60 meses.

 

Com essa parceria, o DF passará a utilizar o Sistema Informatizado de Defesa Agropecuária da Agrodefesa (Sidago). Tal sistema permite o acompanhamento das ações de defesa, assim como o acesso dos usuários externos a serviços oferecidos pela Agência. O presidente da Agrodefesa, José Essado Neto, destacou que o Sidago já foi cedido, em parceria, para sete estados brasileiros, além do Suriname (país do norte da América do Sul), consolidando o conhecimento e tecnologia agropecuária desenvolvida exclusivamente pela Agrodefesa e com registro no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

 

O Sidago é utilizado para consulta de saldo de rebanho, declaração de vacinação e emissão de documentos zoofitosaniários, cadastro de responsáveis técnicos e áreas de produção agrícola. O acesso será permitido à Seagri, apenas em relação às informações que não são restritas à Agrodefesa.

 

Segundo o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Goiás (Seapa), Antônio Carlos de Souza Lima Neto, essa integração é importante, já que existem municípios próximos uns aos outros em Goiás e do Distrito Federal.

 

Para o secretário de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do Distrito Federal, Dilson Resende, as políticas sanitárias do DF são impactadas pelas de Goiás e vice-versa. Segundo ele, esse termo de cooperação é importante pela disponibilização de tecnologia de ambos os lados, como também na garantia da defesa sanitária, que é essencial para a economia dos dois Estados. “Cerca de 99% da divisa do DF é com o estado de Goiás. Se um evento sanitário, uma doença ou uma praga for identificada aqui, isso pode significar o fechamento das divisas e a falência das nossas indústrias, porque fica proibido o trânsito, não só de animais, mas de produtos, inclusive industrializados. É uma parceria importante, onde DF e Goiás somam esforços, tanto para a garantia alimentar da população, como para a garantia econômica dos Estados”, avaliou.

 

 

*Com informações da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Abastecimento de Goiás.