Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/03/20 às 7h12 - Atualizado em 24/03/20 às 7h12

Instituições que atendem idosos recebem Cestas Verdes

COMPARTILHAR

 

Quatrocentas Cestas Verdes foram entregues nesta segunda-feira (23) a duas entidades parceiras do Governo do Distrito Federal (GDF), conveniadas e voltadas ao atendimento de pessoas idosas. As frutas, verduras e legumes serão repassadas pelas instituições às pessoas atendidas em cada uma delas.

 

Os objetivos: garantir a segurança alimentar e nutricional desses idosos e viabilizar a compra da produção dos agricultores familiares do DF, que teriam dificuldade para escoar esses alimentos em virtude do fechamento de pontos de comercialização desses produtos. As restrições impostas ao comércio, por meio de decretos do GDF, são uma resposta ao avanço da pandemia de coronavírus, causador da Coviv-19.

 

O secretário da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, Luciano Mendes, e a secretária adjunta de Desenvolvimento Social, Valéria Rocha, acompanharam a ação e aproveitaram para conhecer as instalações das entidades. Para evitar aglomerações e proteger a saúde do participantes, as atividades das duas instituições estarão suspensas nos próximos dias. Os alimentos serão levados à casa dos atendidos, ou recolhidos por algum parente ou conhecido indicado pelo idoso.

 

“Vamos seguir cadastrando agricultores familiares para procedermos a compra e, com isso, fazer a economia girar”, explica o secretário Luciano. “Por outro lado, as Cestas Verdes complementam significativamente a alimentação desse público tão vulnerável”, completa a secretária adjunta.

 

“Já começamos a ligar para nosso público e vamos montar um esquema de entrega, para que não haja aglomeração”, informa Teresinha Both, responsável pela Obra Social Santa Izabel, em Brazlândia. “Aqui, se for o caso, nossa equipe vai levar à casa de quem não tiver quem venha buscar”, avisa a coordenadora da Associação dos Idosos de Taguatinga, Maria de Lourdes da Silva.

 

É importante destacar que a escolha das organizações da sociedade civil (OSCs) a serem beneficiadas levam em conta a regularização cadastral junto ao GDF. Ou seja, que o convênio com o poder público esteja devidamente formalizado.

 

A medida é um reforço ao Programa de Aquisição da Produção da Agricultura (Papa-DF), que viabiliza a aquisição direta, por parte do GDF, de alimentos e produtos artesanais de agricultores familiares e suas organizações sociais.

 

A ação concretiza o compromisso feito por Ibaneis Rocha na última semana. Na ocasião, para amenizar o impacto da necessidade de fechamento do comércio, o governador decidiu pela compra dos produtos para repasse a quem mais precisa.

 

Veja a matéria completa e mais informações no site da Agência Brasília.

 

Texto: Agência Brasília

Fotos: Ascom /Secretaria de Desenvolvimento Social

 

Medida é um reforço ao Programa de Aquisição da Produção da Agricultura, o Papa-DF