Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/07/19 às 20h52 - Atualizado em 1/07/19 às 20h57

Serviço Florestal realiza VI Encontro de Implantação do Cadastro Ambiental Rural

COMPARTILHAR

 

O Serviço Florestal Brasileiro realizou nesta segunda-feira (1), no auditório da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o VI Encontro de Implantação do Cadastro Ambiental Rural.

 

O evento tem por objetivo promover o fortalecimento das ações de cooperação técnica entre a União, os Estados e o Distrito Federal, na construção coletiva e negociada das atividades necessárias para implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e dos Programas de Regularização Ambiental (PRA), além de ser importante para a integração dos dados de inscrição, análise e regularização ambiental entre banco de dados estaduais e o Sistema de Cadastro Ambiental Rural (SICAR).

 

Participaram do evento, a Ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina; o diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro e deputado federal, Valdir Colatto; a diretora de Cadastro e Fomento Florestal do Serviço Florestal Brasileiro, Jaine Ariely Cubas Davet; o vice-presidente da CNA, José Mário Schreiner; o secretário de Agricultura da Paraíba e presidente do Conselho de Secretários de Agricultura (Conseagri), Efrain Morais; o Secretário de Agricultura do Distrito Federal, Dilson Resende; o diretor Geral do Instituto Estadual de Florestas (IEF) de Minas Gerais, Antônio Augusto Melo Malard; a Senadora Ana Amélia e a Deputada Federal Aline Sleutjes.

 

Segundo a Ministra de Agricultura, Tereza Cristina, a implantação do CAR é muito importante, pois também traz para o Governo Federal, a responsabilidade pelo avanço do CAR e do PRA. Ela ressaltou que, não adianta ter quase seis milhões de Cadastros, se eles não podem ser analisados. “Nós precisamos dessa análise, e só conseguiremos avançar, se colocarmos o CAR e o PRA em andamento e nós sabemos hoje das dificuldades que os estados têm. Para isso, o Governo Federal, junto com os Estados, pode caminhar muito rápido, com ferramentas modernas para avançar e fazer a utilização correta, eficiente e produtiva desses dados que estão hoje em análise”, afirmou.

 

A Ministra também reiterou a importância do Conseagri colaborar, através dos secretários de Agricultura de todo o Brasil, no avanço e consolidação do CAR e do PRA. “Muitos estados ainda precisam de legislação para dar esse passo e vou pedir pra você (Efrain Morais), como presidente desse fórum tão importante, que junto com os secretários, sensibilize a todos para caminharmos juntos”, ressaltou a ministra Tereza Cristina.

 

Para o diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro e Deputado Federal, Valdir Colatto, ressaltou que apesar de sete anos após a aprovação do novo Código Ambiental, ainda hoje se trabalha na implantação do CAR. “Hoje estamos aqui trabalhando com meio ambiente e agricultura. O Dr. Efraim representando os secretários de Agricultura e o Sr. Antônio Malard representando os secretários de Meio Ambiente. Aqui está o exemplo da integração que nós precisamos fazer no Brasil”, afirmou.

 

O secretário de Agricultura da Paraíba e presidente do Conselho de Secretários de Agricultura (Conseagri), lembrou que o Conselho está retomando as atividades e que a participação dos secretários de Agricultura é importante em qualquer decisão que venha a ser tomada em relação à agricultura em âmbito nacional. “Lá na ponta, ao lado das Emater, nós sabemos das dificuldades e o caminho que deve ser seguido. Quero reiterar e colocar à disposição do Ministério da Agricultura todos os secretários estaduais de Agricultura”, ressaltou Efraim, que lembrou ainda, que dia 17 de julho os secretários de agricultura irão se reunir em Brasília e o assunto será pauta da reunião.

 

As atividades previstas na programação técnica do evento terão início na terça-feira (02) e vão até sexta dia 05 de julho.

 

Texto e Fotos Ascom Seagri/DF