Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/10/21 às 16h00 - Atualizado em 5/10/21 às 16h00

Quase 4 toneladas de produtos apreendidos foram inutilizadas nos últimos 3 meses

COMPARTILHAR

Durante os meses de julho a setembro, a Secretaria da Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF), por intermédio da Diretoria de Fiscalização do Trânsito, destinou 3,8 toneladas de produtos de origem animal para inutilização. Os principais alimentos inutilizados foram doce de leite, pescados, carcaça e miúdos bovinos.

 

Os produtos foram apreendidos pela Seagri-DF, durante o transporte, por não atenderem aos padrões sanitários legais, e destinados à inutilização por serem impróprios para consumo. “São produtos clandestinos ou irregulares, ou seja, produzidos, armazenados ou transportados fora dos padrões exigidos pelas autoridades sanitárias, e que por isso colocam em risco a saúde das pessoas que porventura venham a consumir esses alimentos”, explicou a subsecretária de Defesa Agropecuária da Seagri-DF, Danielle Araújo.

 

Segundo a diretora de Fiscalização de Trânsito da Seagri-DF, Fernanda Oliveira, o monitoramento do trânsito de produtos de origem animal nas vias e rodovias do DF é realizado pela Gerência de Fiscalização de Trânsito da Seagri-DF com o objetivo de coibir a circulação de produtos de origem animal clandestinos e em desacordo com as normas sanitárias vigentes. “Com isso, buscamos evitar a entrada e a disseminação de doenças de grande impacto na economia e na saúde pública, como febre aftosa, peste suína, brucelose e tuberculose”, afirmou Fernanda Oliveira.

 

 

 

Texto: Ascom Seagri-DF